As inspeções e auditorias são ferramentas críticas para alcançar a conformidade com a Segurança, Qualidade e Ambiente. Embora, na perspetiva da segurança, sejam frequentemente usados ​​de forma intercambiável, na realidade são processos distintos, projetados para abordar dois aspetos diferentes da gestão das empresas.

Inspeção de Segurança

Uma inspeção consiste na “determinação da conformidade face a requisitos especificados”. Uma inspeção de segurança é um processo formalizado de documentação de riscos e práticas inseguras no local de trabalho. As inspeções podem ser de vários tipos, dependendo do que está a ser avaliado e dos riscos exclusivos presentes numa organização.

As inspeções de segurança envolvem um exame completo e sistemático das condições físicas de um local de trabalho e do carácter das práticas que nele ocorrem. Isso incluirá um exame de todo o equipamento para determinar se as salvaguardas estão a agir efetivamente e para identificar possíveis riscos. Os inspetores de segurança também observam as práticas no local de trabalho para verificar se algum aspeto do mesmo é inseguro. Uma vez identificados os riscos, estes devem ser retificados, através da sua eliminação ou, na impossibilidade de o fazer, minimizar os mesmos.

Estas são geralmente realizadas por um inspetor de segurança certificado, preferencialmente familiarizado com o local de trabalho e com o tipo de trabalho realizado, e podem ser concluídas internamente pela equipa de segurança ou externamente por uma organização de terceiros.

Auditorias de Segurança

Define-se auditoria como um “processo sistemático, independente e documentado para obter evidência objetiva e respetiva avaliação objetiva com vista a determinar em que medida os critérios da auditoria são cumpridos”.

Uma auditoria de segurança é realizada de forma a avaliar a eficácia dos processos de inspeção de segurança de uma organização. Esta também analisará a eficácia dos planos e sistemas de formação dentro da organização.

As auditorias, de uma maneira geral, apresentam dois objetivos:

  1. Determinar se uma empresa está em conformidade com as normas de segurança atuais;
  2. Identificar pontos fracos nos seus programas de segurança.

Uma auditoria utiliza um processo estruturado para examinar se uma empresa é conforme e verifica se há pontos fracos. É importante referir que uma auditoria interna também pode ser usada para determinar se o seu programa cumpre as metas definidas pela sua organização, como por exemplo, reduzir o número de lesões.

Estes objetivos podem, no entanto, ser totalmente separados. Um programa pode estar em conformidade com os regulamentos de segurança, mas ainda possuir pontos fracos críticos que deixam seus funcionários em risco.

Os empregadores que realizam uma auditoria devem:

  • Analisar e recolher informações relativamente à confiabilidade e eficácia de um programa de segurança;
  • Verificar se um programa de segurança atende aos objetivos declarados da empresa;
  • Examinar a formação de segurança e esforços de resposta.

As auditorias são realizadas por alguém externo à organização, baseando-se assim na perspetiva de quem está de fora para fornecer uma avaliação objetiva e de nível superior do programa de segurança da empresa.

Semelhanças e diferenças entre Inspeções e Auditorias de Segurança

Existem várias semelhanças entre inspeções de segurança e auditorias de segurança. Ambas são processos estruturados de exame usados ​​para promover a segurança no local de trabalho e cumprir todos os regulamentos e normas. Recorrem ambas também a listas de verificação que incluem as melhores práticas e outras precauções recomendadas.

No entanto, existem diferenças importantes entre as inspeções de segurança e as auditorias de segurança. Uma das principais diferenças remete para o âmbito.

As inspeções de segurança examinam as táticas atuais e rotineiras dos funcionários, concentrando-se nos riscos do seu ambiente de trabalho, bem como na comunicação de riscos. As auditorias de segurança, por outro lado, analisam os processos e estratégias de segurança que uma organização usa para lidar com esses riscos e proteger os trabalhadores.

Portanto, uma auditoria de segurança pode ser realizada para determinar se uma organização possui, por exemplo, processos eficazes de inspeção de segurança.

Outra diferença está em quem realiza a inspeção ou auditoria. As inspeções de segurança apresentam benefícios quando são efetuadas aos olhos de alguém familiarizado com o local de trabalho, e é por isso que geralmente são realizadas internamente. As auditorias de segurança, por outro lado, podem beneficiar da perspetiva objetiva externa para analisar um programa de uma forma imparcial, sendo, por isso, normalmente realizadas por funcionários independentes – externos à empresa ou de outro departamento.

Tanto as inspeções como as auditorias podem desempenhar um papel crítico na melhoria da segurança no local de trabalho. Apenas é necessário saber quando utilizar cada uma e como tirar o maior proveito das conclusões de cada caso.

A APOPARTNER como empresa de consultoria em qualidade, ambiente e segurança presta serviços no âmbito da realização de inspeções e auditorias de segurança.

Contacte-nos.