Com a publicação da norma ISO 45001, surge a necessidade das organizações planearem o processo de migração dos seus sistemas. Como primeiro ponto, importa saber qual a janela temporal disponível para o fazer.

O esquema a seguir apresenta o resumo do calendário de migração da ISO 45001:2018*

Preparação da Migração para a ISO 45001

A APOPARTNER tem como objetivo, garantir a preparação da sua organização na migração para a ISO 45001.  Juntamente com a sua organização propomos:

  • Determinar as alterações introduzidas pela norma;
  • Identificar as necessidades da sua organização;
  • Definir as ações a implementar;
  • Verificar as alterações ocorridas;
  • Atualizar as ações se necessário.

O plano de migração é efetuado tendo em conta a auditoria de renovação (realizado de 3 em 3 anos).

Caracterização do Estado Inicial

Com o objetivo de garantir uma migração adequada à organização, a APOPARTNER irá realizar uma avaliação inicial do estado do Sistema de Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional (SGSSO).

Planeamento e Revisão

Após a realização da caracterização do estado inicial e com base nos resultados é formulado um planeamento com as ações a realizar até o término do projeto. São definidos intervenientes, prazos e responsabilidades, assim como períodos de revisão do planeamento.

De uma forma geral a APOPARTNER irá:

Um dos aspetos mais relevantes no processo de migração é a Caracterização do Estado Inicial/Auditoria Gap Analysis.

Auditoria Gap Analysis

Uma Auditoria Gap Analysis envolve a comparação do estado atual do Sistema de Gestão e o estado potencial ou pretendido. Permitindo determinar os desvios existentes do estado atual e o estado pretendido.

Permite um foco nas áreas mais sensíveis, de alto risco ou críticas do Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional (SGSSO) previamente à avaliação formal (auditoria).

A Auditoria Gap Analysis fornece informação sobre a prontidão do SGSSO para transição ou avaliação, estando focada na forma como foram abordadas ou como se pretende abordar as mudanças introduzidas pela ISO 45001.

Face aos resultados será possível apurar quais as áreas da que requerem melhorias.

Uma Auditoria Gap Analysis, de forma simplificada, segue os passos apresentados pelo esquema abaixo:

Benefícios

A Auditoria Gap Analysis permite compreender e priorizar as necessidades ao ajudar a identificar deficiências que necessitam de ser superadas. Com a identificação das lacunas/divergências é simplificado o processo da quantificação e identificação das necessidades e dos recursos necessários para as abordar, facilitando a sua priorização.

Auditoria Gap Analysis para ISO 45001

Uma organização que tenha um sistema de gestão ISO implementado, apresenta uma maior facilidade na implementação da ISO 45001, pois existem requisitos análogos. Uma Auditoria Gap Analysis permite identificar as lacunas existentes e os requisitos necessários a cumprir, específicos para a ISO 45001, assim como as ações. É avaliado o SGSSO atual e determinada a disponibilidade para migração para a ISO 45001.

A tabela seguinte indica sumariamente alguns dos aspetos/requisitos a considerar no processo de migração de um sistema de gestão de segurança e saúde ocupacional apontando possíveis ações para a conformidade com os requisitos da ISO 45001.

Para mais informações conheça o nosso serviço de apoio à implementação da norma ISO 45001.